Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
dicasdetratamentotop4

Projetos/Salvamento De Artigos/Postagens/Arquivo/Set-10 2018


Como Aumentar As Vendas Da Tua Transportadora


Quem aí está com saudade da Constanza polêmica? Quem me acompanha há mais tempo domina o quanto eu adorava por a boca no trombone e detonar o que me viesse na cabeça. Bons tempos… ou não rs. Claro que quando a gente cresce profissionalmente e ganha mais notoriedade, acaba se podando um pouco e foi inevitável que isto acontecesse comigo assim como. Neste momento não posso mais fazer o Marcas Duvidosas… vai que amanhã me esbarro com a marca em alguma ação ou com alguns dos executivos que estejam trabalhando em outra corporação? Entretanto HOJE, só hoje, eu, a pessoa que amadureceu na web (e talvez tenha ficado meio chata), venho pronunciar-se justamente a respeito de um jeito que me enoja profundamente no universo virtual: a falsidade exibida no Instagram.


Mas do que quero discutir desta maneira? De outro tipo de falsidade que assombra o Instagram: o comércio de likes e seguidores. Bom, resuminho ligeiro da minha/nossa vida pela web: comecei o blog láaaaa em 2009, quer dizer, esse ano são nove anos de web site. DAÊ que conceberam um aplicativo, bacaninha e tals, pra publicar fotos.


     
  1. 3# Faça o Chute com Quatro Apoios

  2.  
  3. Esteja presente nas mídias sociais

  4.  
  5. Websites ou orkut

  6.  
  7. Coloque o seu entendimento no centro

  8.  
  9. Assuma suas próprias alternativas, decisões

  10.  
  11. Seja claro e dê, inicialmente, dicas sobre a sua corporação

  12.  
  13. um Wikipédia:Páginas para reduzir/25 de dezembro

  14.  
  15. 8 Merchandising 8.1 DVD



Ok, divertido publicar imagem, que mais? Quem não lida bem com escrita, quem não tem paciência para pesquisar focos pra alimentar um web site, ou quem somente quer aparecer se deu bem com a chegada do Instagram. Tem espaço para toda humanidade! Porém aí começou a sacanagem… o Instagram começou a crescer muito e surgiu a luta de quem tem mais curtidas, mais seguidores, mais notoriedade, mais fama.


Sim, aquele perfil abundante em seguidores, repleto de curtidas, pode ser uma grande farsa. Naturalmente, como o Insta se tornou o app do momento, sobressai quem tem mais seguidores. Já pensa comigo: vamos supor que tenho uma marca, almejo publicar meu produto, o Instagram tá bombando, irei lá contratar uma influenciadora para fazer minha divulgacão. O que vou assistir primeiro?


Quanto seguidores ela tem, por fim aquele é o público que vai ver de perto meu item, correto? Direito. Só que algumas “influenciadoras” (espertinhas ou de má fé mesmo), para conquistar fechar ações e obter dinheiro, deram potência e espaço a este comércio de seguidores. Imensas bombaram seus perfis com seguidores falsos, comentários e like comprados (até isto)!


O cliente vê aquele super número, se empolga, paga a publicidade e quase não tem retorno, isso se tiver algum, porque o engajamento é baixíssimo. A “influenciadora do perfil grande” vai vender pra quem? Pro indiano que curte a imagem? Pro perfil fake que comenta “linda poderosa maravilhosa” repetidamente? Não, não vai. E pior, tem aquelas que compram um pacote imenso de curtidas para fotos de publicidade, daí o comprador vê e encontra elegante aquele monte de gente curtindo o produto dele… mal domina ele que é tudo falso.


Com estes pontos, vocês são capazes de avaliar e suspeitar quem compra seguidores e quem não. E gente, isso é MUITO comum viu? É o que mais tem, infelizmente! Semana passada foi ao ar um filme que fiz com uma blogueira (raiz) daqui de BH, a Ana Leticia do Anita Bem Montada que tem a mesma revolta que a minha, onde falamos a respeito de.

Tags: blog
(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...